Professor, muito mais que um dom

Ser professor hoje é uma tarefa difícil, mas prazerosa, pois ele precisa se dedicar e muito aos estudos, a pesquisa,ao seu desenvolvimento profissional e aos alunos. É uma profissão que temos desafios todos os dias, como ensinar o aluno a pensar, a pesquisar, etc.

Poucas profissões, em todo o mundo, gozam de tanto prestígio junto à sociedade quanto os professores. Transmitir conhecimento, a crianças ou adultos, é tido como uma bela vocação pela maioria das pessoas.Como toda a sociedade, porém, o trabalho realizado pelos docentes sofreu profundas alterações nos últimos anos.As bases para as transformações estão na própria evolução vivida no mundo. E não apenas tecnológica, mas também de comportamento, pedagógica, na administração do ensino, no comportamento dos alunos e no reconhecimento pelo trabalho.

Ser professor tem sido mais uma vivencia. A violência nas escolas ultrapassou todos os limites. Os alunos em geral tem uma grande noção sobre os seus direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, dando-lhes a liberdade no ambiente escolar. No final a violência sobra para todos os membros da comunidade escolar. As pessoas não entendem que junto com o direito vem o dever da obrigação e do respeito humano.Porém nem os pais dos alunos e muito menos os alunos entendem essa dinâmica social.

A lousa, o caderno, a caneta, tão comuns à sala de aula, não é de hoje que convivem com o porte de armas, a atuação de gangues e do tráfico de drogas, o furto e a agressão física e verbal.

A violência que ronda as escolas atinge todas as classes sociais. O motivo, segundo os especialistas, é a falta de estrutura familiar e a carência financeira e muitas vezes afetiva que levam a uma degradação dos valores morais e éticos que norteiam a sociedade.

Embora o próprio governo tenha tomado iniciativas para melhorar o nível dos professores, os grandes agentes de transformação têm sido os próprios. A rotina vivida dentro da sala de aula tem levado os docentes a repensar métodos pedagógicos, instrumentos de ensino, uso de tecnologias e o relacionamento com os alunos.

Apesar de todos esses aspectos negativos que envolvem a classe docente, ser professor é muito mais que um dom. Ser professor hoje é viver intensamente o seu tempo com consciência e sensibilidade. Não se pode imaginar um futuro para a humanidade sem educadores. Os educadores, numa visão emancipadora não só transformam a informação em conhecimento e em consciência crítica, mas também formam pessoas.

Este artigo é de inteira responsabilidade de seu autor e não reflete necessariamente a opnião deste Portal.

Desenvolvido por ABCMIX - Joomla Site Designer - 2012