Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Adjuto Afonso pede ao MPF que investigue recursos do Fundeb em Pauini por falta de aula em escolas da zona rural

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
adjuto afonso
Foto: Ney Xavier

O deputado Adjuto Afonso (PDT) solicitou na manhã desta quarta-feira, 12, que o Ministério Público Federal (MPF) investigue a Prefeitura Municipal de Pauini (a 915 km), quanto ao recurso repassado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que totaliza R$ 4.820.722,94 nos últimos seis meses. O parlamentar recebeu denuncia de que até o momento as escolas da zona rural não deram início ao ano letivo.

"Nós estamos em julho, e aquelas crianças da zona rural até hoje não tiveram aulas. Fiquei muito preocupado, recebi várias reclamações de pais de alunos. Como é que um município, que nem Pauini, que tem uma zona rural com escolas, até hoje não teve aulas nessas áreas? E, pasmem, a prefeita do município é uma professora na sede do município. Começou a sua carreira lá, e que hoje quando chegou à administração, trata a população dessa forma", disse o deputado.

Repasse do Fundeb

O parlamentar explicou que teve acesso a um levantamento feito pelo deputado Serafim Correa (PSB) acerca dos recursos repassados aos municípios, e descobriu que Pauini recebeu nos primeiros meses deste ano um valor aproximado de R$ 5 milhões.

"Tive acesso a um levantamento e vi que o município de Pauini já recebeu nesses seis primeiros meses R$ 4.800 milhões, uma média de R$ 800 mil reais por mês. Não se sabe pra onde foi esse dinheiro, já que as escolas da zona rural não estão funcionando. Estou apresentando um requerimento ao Ministério Público Federal para que faça uma investigação o mais rápido possível", informou Adjuto Afonso.

O deputado Adjuto Afonso, que é natural de Pauini, reforçou a situação crítica no interior do Estado na área da Educação. "Eu, como filho de Pauini, que fiquei muitas vezes nas barrancas do Purus, sei que naquele tempo se tinha uma preocupação de alfabetizar as pessoas. Hoje, com recursos do Fundeb, colocado à disposição da prefeitura, o órgão não faz isso. É triste, é lamentável. Espero que Ministério Público investigue e coloque o mais rápido essas pessoas que não tem compromisso com a população e que estão na administração do município, para cumprir o que diz a lei, que é usar o dinheiro do Fundeb em benefício dessas crianças e jovens da zona rural, que não têm condições de ter outro tipo de educação escolar, se não for via prefeitura, via governo federal", finalizou o parlamentar.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015