Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

"Não podemos cobrar em um mês de governo aquilo que não acontecia há um ano, dois anos", diz Adjuto Afonso

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
adjuto afonso
Foto: Ney Xavier

Na manhã desta terça-feira, 7, o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Adjuto Afonso (PDT), ressaltou em plenário a operação "Natal Seguro", anunciada pelo Secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, durante reunião na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), como forma de reduzir os índices de crimes em comércios, que aumentam no período natalino. Ele também classificou de "precoce" a avaliação feita por alguns parlamentares sobre as ações do governo.

"Ontem eu acompanhei o secretário de segurança em uma reunião com a CDL e saí muito otimista com a relação a segurança em nosso Estado, principalmente aqui em Manaus. Pude constatar o entrosamento das polícias militar, civil, corpo de bombeiros, todos com um só comando do secretário para que a população volte a ter segurança. O que nós não podemos é cobrar em um mês de governo aquilo que não acontecia há um ano, há dois anos", disse o deputado.

O parlamentar classificou de "precoce" a avaliação de colegas deputados em relação às ações do governo, que assumiu há um mês o comando do Estado a partir de eleição suplementar.

"É muito cedo para se fazer avaliação. Tem um mês de governo. Todos sabem que o governo se iniciou dia 5, nesse mesmo dia muitas medidas foram tomadas com relação à saúde, educação, segurança. O deputado David falou aqui que deu o maior abono para os professores, todos sabem quanto foi arrecadado aqui pelo Fundeb, quanto veio do Fundeb para o Estado do Amazonas e que esse recurso é justamente para pagar abono para os professores. Diferente seria se o recurso fosse desviado para outra finalidade. O governo está trabalhando, o Estado está sendo destravado", finalizou o deputado Adjuto.

Curta nossa página no Facebook

Designed by ABCMIX Joomla Site Designer - 2015